Objectivos

O programa CYTED tem como objectivo principal contribuir para o desenvolvimento harmonioso da Região Ibero-americana através do estabelecimento de mecanismos de cooperação entre grupos de investigação das Universidades, Centros de I+D e de Empresas inovadoras dos países membros, que pretendem a obtenção de resultados científicos e tecnológicos transferíveis para os sistemas produtivos e para as políticas sociais.

São objectivos específicos do Programa CYTED:

  • Fomentar a integração da Comunidade Científica e Tecnológica Ibero-americana, promovendo uma agenda de prioridades partilhadas para a Região.
  • Fortalecer a capacidade de desenvolvimento tecnológico Ibero-americana, através da promoção da investigação científica conjunta, da transferência de conhecimentos e técnicas, e do intercâmbio de cientistas e tecnólogos entre grupos de I+D+I dos países membros.
  • Promover a participação de sectores empresariais dos países membros interessados nos processos de inovação, de acordo com as investigações e desenvolvimentos tecnológicos da Comunidade Científica e Tecnológica Ibero-americana.
  • Promover a participação dos investigadores da Região noutros programas multilaterais de investigação através de acordos.

É também vocação do Programa CYTED funcionar como ponte para a cooperação inter-regional nas Ciências e Tecnologia entre a União Europeia e a América Latina.

O Programa CYTED organiza-se de acordo com um modelo descentralizado, que se estrutura num duplo âmbito: o institucional e o funcional. O âmbito institucional é composto pelos organismos responsáveis da política científica e tecnológica dos 21 países participantes, designados como Organismos Signatários do Programa pelos respectivos governos nacionais. Cada Organismo Signatário é responsável pela gestão do Programa a nível nacional e da representação do seu país nos órgãos de direcção do mesmo.

No âmbito funcional intervêm grupos de investigação e desenvolvimento de Universidades, Centros de I+D e de Empresas inovadoras dos países signatários que participam nas distintas modalidades: Redes Temáticas, Acções de Coordenação de Projectos de Investigação, Projectos Consorciados, Acções Transversais e Projectos de Inovação.

A articulação deste duplo âmbito e a gestão e coordenação das actividades são realizadas pela Secretaria Geral do Programa, que tem carácter internacional.